Bispa Ingrid Duque

  • Home
  • /
  • Bispa Ingrid Duque

Bispa Ingrid Duque

Após uma profunda experiência de conversão a Jesus aos 24 anos, Ingrid Duque foi chamada pelo Senhor para exercer o ministério cristão, ao lado de seu esposo, Agenor Duque. Dotada de carisma, amor e uma voz marcante, a Bispa, exerce seu ministério com grande senso de urgência e excelência, fazendo-o com dedicação incondicional. Grande mulher de Deus, tem levantando um exército de “Mulheres Curadas”.

Bispa Ingrid Duque tem dado voz as mulheres do Brasil e fora dele.  

Formação

Formada em Administração de Empresas (Universidade Oswaldo Cruz), Jornalismo (FENAN) e Teologia, Alfabetizada na língua hebraica,Escritora. A Bispa Ingrid Duque hoje tem uma importância fundamental, exerce inúmeras funções, e dedica boa parte do seu tempo na administração da igreja, faz Obra social, é Presidente do instituto plenitude.

Fundadora e Líder do maior evento Inter denominacional chamado “Ela Por Elas” (iremos fala dele depois), faz um Evento chamado “Exército de Mulheres Curadas”, faz Cafe de mulheres.
Ela que é Conselheira , psicóloga, mãe espiritual. Lidera uma caravana anual de mulheres.

Discípula nata do evangelho,tem servido ao Reino de Deus como pregadora e apresentadora de programas de rádio e TV, no ensino teológico da Faculdade de Teologia.

Reconhecida, a bispa Ingrid Duque conta com inúmeras obras escritas, dentre elas: Os 10 Mandamentos da Mulher Virtuosa, 7 Segredos da Vida Sentimental, A cura total ao seu Alcance, O poder da ressurreição, Coragem para sonhar, Sorte restaurada, Sobrevivente e Deus agindo em você e Você Agindo no Mundo, Despertando o Guerreio que há em Você, Livros Palavras em Amor ( está na sua 5 edição).

Desde que iniciaram a Igreja Apostólica Plenitude do Trono de Deus (IAPTD), há quatorze anos, o casal vem espalhando as boas-novas de salvação em Jesus e abençoando pessoas no Brasil e em outros países. Com o coração queimando por Deus e sua obra, ambos têm servido ao Senhor Jesus e à causa do evangelho, empenhando-se diariamente com todas as forças e dependendo completamente do Espírito Santo e da unção sobre eles derramada, para responder a esse chamado.

“O mundo carece de líderes cheios da unção do Espírito; eles, sim, serão referência e farão a diferença no mundo perdido”, afirma o apóstolo, ao apontar a religiosidade, a frieza espiritual e a entrada do modernismo na igreja como sendo os maiores obstáculos à pregação do evangelho atualmente.